XII ENREHSE - Encontro de Recursos Hídricos em Sergipe

Data: 18/03/2019 à 22/03/2019
Local: São Cristóvão - SE
Mais informações: https://www.abrhidro.org.br/xiienrehse

Aplicação do IQA-CCME em águas de abastecimento na sede do município de Itabaiana/SE

Autores

Anderson de Jesus Lima, Augusto César Rezende Azevedo, Denise Conceição de Gois Santos Michelan

Tema

Água para Todos: Não Deixar Ninguém para Trás

Resumo

O termo ?água para todos, sem deixar ninguém para trás? abrange disponibilidade de água de qualidade para os consumidores. Para garantir essa água distribuída para todos os indivíduos, faz-se necessário o monitoramento dela à população. Esse monitoramento é realizado, normalmente, a partir da análise de parâmetros de qualidade que devem enquadrar-se de acordo com padrões legislados. No entanto, o número significativo de parâmetros monitorados inviabiliza a visão global da qualidade da água pelos gestores, sendo conveniente a aplicação de índices de qualidade de água (IQA). Diante disso, este trabalho baseou-se na aplicação da metodologia IQA-CCME, para classificar a água distribuída no município de Itabaiana/SE, a partir de relatórios de monitoramento da qualidade de água mensais, com base em análises de cloro residual livre, cor aparente, turbidez, coliformes totais e E. coli. Os resultados demonstraram qualidade satisfatória da água, com IQA-CCME de 90,81, classificando-a como água ?boa?. A concentração de cloro residual e cor aparente foram os parâmetros que mais contribuíram negativamente para o índice, enquanto que os parâmetros microbiológicos apresentaram-se, em sua totalidade, dentro do estabelecido pelo Ministério da saúde. Conclui-se que a flexibilidade da formulação matemática faz do IQA-CCME alternativa viável na determinação da qualidade da água de abastecimento.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com