XIV SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

CARACTERIZAÇÃO DA MACROPOROSIDADE DE SOLOS UTILIZANDO A MICROTOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE RAIOS X

Autores

Larissa Fernandes Costa1, Maria Mirelle Cassimiro dos Reis1, Artur Paiva Coutinho, Richard John Heck3, Antonio Celso Dantas Antonino1

Tema

15. Uso e manejo do solo em bacias hidrográficas

Resumo

A importância dos macroporos como vias preferenciais de água, ar e soluto no solo vem sendo bastante reconhecida, sendo necessário estudos quantitativos detalhados da macroporosidade e sua relação com o tipo do uso do solo. O objetivo desse trabalho é caracterizar moformetricamente a macroporosidade de solos pernambucanos submetidos a diferentes tipos de uso utilizando a técnica da microtomografia computadorizada de raios X. Foram analisados solos de textura arenosa de área de vegetação nativa e de pastagem. Os parâmetros de aquisição de imagens foram: 150 kV, 226 mA, 3500 ms e resolução de 50 mm. Foi feita a segmentação da região dos vazios para o estudo morfométrico dessas estruturas. O solo da área de pastagem apresentou uma maior agregação e uma menor quantidade de vazios em relação ao solo de vegetação natural, com redução na quantidade de vazios inter-agregados e aumento de vazios intra-agregados. O solo de pastagem apresentou maiores quantidades de vazios intra-agregados de tamanhos maiores e de formatos mais achatados. Essas mudanças na estrutura do solo são consequências da remoção da vegetação nativa e da compactação do meio, que podem ser associadas a redução do fluxo de água e da aeração do solo, provocando uma redução no desenvolvimento de vegetação e um aumento no coeficiente de escoamento.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com