XIV SRHNE - SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DE DIFERENTES VAZÕES DE PICO NO COMPARTAMENTO DA PROPAGAÇÃO DO HIDROGRAMA DE RUPTURA DA BARRAGEM DE PEDRA DO CAVALO - BA

Autores

Murilo Pereira da Silva Conceição1, Andrea Sousa Fontes, LUAN MARCOS DA SILVA VIEIRA

Tema

13. Segurança de barragens

Resumo

As barragens não estão livres de falhas de suas estruturas, o risco associado a este tipo de empreendimento cria a necessidade de antecipar quais ações devem ser tomadas para reduzir os impactos caso ocorra a ruptura. Uma dessas necessidades contempla o estudo da propagação da onda de cheia no vale a jusante ao barramento. Entretanto, essa análise contempla várias incertezas por ser baseada em equações empíricas. Sendo assim, este trabalho tem como objetivo avaliar como diferentes critérios no processo da definição da vazão de pico influenciam no resultado da propagação do hidrograma de ruptura para um mesmo cenário. Desta forma, foi simulada a propagação de dois hidrogramas de ruptura, um com a menor vazão obtida (Alternativa 1) e outro com a maior vazão estimada (Alternativa 2). Para a propagação deste hidrograma foi utilizado o modelo hidrodinâmico HEC-RAS em análise unidimensional. Foi identificada diferenças de 300% entre as alturas de lâminas d?água e 100% de velocidade entre as Alternativas 1 e 2, verificando-se que, dentro de um mesmo cenário, a escolha de diferentes parâmetros na determinação da vazão e o estudo criterioso das características do vale a jusante influenciam significativamente no resultado da simulação mesmo utilizado o mesmo cenário de ruptura extrema.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com