XII ENAU - ENCONTRO NACIONAL DE ÁGUAS URBANAS

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

AVALIAÇÃO DA ESTIMATIVA DE PRECIPITAÇÃO EFETIVA PARA SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS DO ARROIO DILÚVIO ? PORTO ALEGRE/RS

Autores

Lairanne Costa de Oliveira, Adriano Rolim da Paz, Lukas Barbosa Veiga de Melo, Roanny Viana de Barros

Tema

03. Processos hidrológicos e modelagem em áreas urbanas

Resumo

O método da Curva Número do Natural Resources Conservation Service (NRCS-CN) é um dos mais simples e utilizados para estimar a precipitação efetiva. Entretanto, por ter sido elaborado para bacias hidrográficas com perfis específicos, vários autores questionam o seu uso generalizado. Uma das críticas mais frequentes feitas ao método é o fato do coeficiente de abstração inicial (?) ter seu valor fixado em 0,2. Nesse contexto, foi avaliada a estimativa da precipitação efetiva para cinco sub-bacias hidrográficas pertencentes à bacia do Arroio Dilúvio, em Porto Alegre (RS), por meio da análise do desempenho do método do NRCS-CN calculado com diferentes valores de ?, e também de formulações alternativas. Para isso, foram utilizadas séries de chuva-vazão disponíveis para cada sub-bacia. Então, foram comparados os resultados das precipitações efetivas calculadas com as observadas. A partir dos resultados, tornou-se possível concluir que o método original do NRCS não é satisfatório para representar a precipitação efetiva observada nas sub-bacias do Arroio Dilúvio. Indicando que o ? deve ser calibrado a partir de séries chuva-vazão disponíveis para a área de estudo. Já os modelos analisados demonstraram ser consistentes na estimativa da precipitação efetiva, porém também apresentaram falhas, devendo ser utilizados com cautela.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com