XII ENAU - ENCONTRO NACIONAL DE ÁGUAS URBANAS

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

QUALIDADE DA ÁGUA E MACROALGAS EM RECURSOS HÍDRICOS NA ÁREA URBANA DE MANAUS/AM

Autores

DOMITILA PASCOALOTO, Climéia Corrêa Soares, Núbia Abrantes Gomes

Tema

01. Águas urbanas em regiões metropolitanas

Resumo

Foram investigadas a qualidade da água e as comunidades de macroalgas nos dois igarapés mais poluídos da cidade de Manaus, Mindu/Educandos e Quarenta/São Raimundo e na margem/área de inundação do rio Negro. Foram registradas cinco entidades ecológicas de macroalgas, a maioria presente apenas na vazante. A macroalga mais frequente na área de inundação do rio Negro à montante do aporte dos igarapés foi a rodofícea Batrachospermum spp, indicadora (na região) de águas naturais, porém a jusante da entrada dos igarapés a espécie mais frequente foi  a clorofícea Schizomeris leibleinii, que necessita de locais com condutividade superior à registrada nas águas naturais do rio Negro, indicando o aporte de nutrientes nesses locais. Apesar das obras de revitalização de igarapés iniciadas em 2006 pelo Governo do Estado, os resultados indicaram a piora da qualidade da água nos últimos dez anos nos igarapés Mindu/São Raimundo e Quarenta/Educandos.  Também foi observado, tanto pela qualidade da água quanto pela presença e concentração de filamentos de macroalgas que requerem alta condutividade, que a entrada de um pequeno fluxo de esgotamento, de origem indefinida, alterou a qualidade da água em uma área de inundação do rio Negro próximo à foz, o que indica a fragilidade desse sistema.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com