XII ENAU - ENCONTRO NACIONAL DE ÁGUAS URBANAS

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA HIDROLÓGICA DE TAXAS DE OCUPAÇÃO ESTABELECIDAS POR POLÍTICAS URBANAS

Autores

Franciele Zanandrea, ANDRÉ LUIZ LOPES DA SILVEIRA, Gean Paulo Michel

Tema

03. Processos hidrológicos e modelagem em áreas urbanas

Resumo

O aumento da impermeabilização do solo traz como resultado o desencadeamento de impactos ambientais, principalmente na hidrologia local. Políticas urbanas, como o zoneamento estabelecido em Planos Diretores, definem taxas de ocupação para os loteamentos urbanos. A maneira como essa ocupação se desenvolve tem interferência direta no escoamento das águas pluviais no meio urbano. O presente trabalho tem como objetivo avaliar quantitativamente a eficácia das diretrizes de ocupação/zoneamento em uma bacia urbana localizada no município de Viamão/RS. Para avaliação da área de estudo foram definidos dois cenários: cenário atual e cenário futuro. O cenário atual é representado pela ocupação com as taxas de permeabilidade em 2014. O cenário futuro é representado pela concretização do Plano Diretor. Ambos cenários foram simulados através do modelo SWMM. Observa-se um aumento de 16% nos volumes dos hidrogramas da bacia do cenário atual para o cenário futuro com tempo de retorno de 20 anos. No cenário futuro aumenta o número de nós que apresentaram extravasamentos, principalmente na região de montante onde atualmente existe baixa ocupação. Os resultados obtidos demonstraram a ineficiência hidrológica das taxas de permeabilidade adotadas para a área de estudo no novo Plano Diretor, o que irá potencializar os problemas com drenagem urbana.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com