XII ENAU - ENCONTRO NACIONAL DE ÁGUAS URBANAS

Data: 20/11/2018 à 24/11/2018
Local: Maceió - AL
ISSN: 2359-1897
Mais informações: https://www.abrh.org.br/xivsrhne

IMPACTO DO DESASSOREAMENTO NA INTRUSÃO SALINA EM RIOS ESTUARINOS URBANOS: ESTUDO DE CASO DO RIO CUBATÃO, SP.

Autores

Fábio Paiva da Silva, José Rodolfo Scarati Martins, Fábio Ferreira Nogueira, Maria Cristina Santana Pereira, Lais Ferrer Amorim de Oliveira

Tema

03. Processos hidrológicos e modelagem em áreas urbanas

Resumo

Um dos principais fenômenos em sistemas estuarinos é a intrusão salina, que pode ser entendida como a incursão de água salina estuário acima devido à ação da maré, afetando diretamente qualidade da água e seus múltiplos usos, como abastecimento público, principalmente em rios urbanos. Para pequenos rios, a modelagem unidimensional é adequada para simular cenários hidrodinâmicos e de qualidade da água, sendo uma ferramenta importante no processo de tomada de decisão na gestão de recursos hídricos. Adicionalmente, inundações são problemas frequentes em rios urbanos, tendo como alternativa de mitigação as técnicas de desassoreamento. Para este processo, deve-se considerar seus impactos na qualidade da água do rio, especialmente a mudança na dinâmica da intrusão salina. O Rio Cubatão, localizado no sistema estuarino de Santos, em São Paulo, sofre a influência da maré e apresenta intrusão salina. Neste trabalho, com simulação de cenários hidrodinâmicos usando o modelo HEC-RAS, foi possível identificar o aumento significativo da intrusão salina considerando um cenário de desassoreamento de trechos do rio. Este aumento ocorreu tanto em situações de maré baixa quanto de maré alta, causando impacto na qualidade da água no trecho urbano do rio, podendo afetar a captação para abastecimento público ou industrial.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com