III SRHPS - Simpósio de Recursos Hídricos do Rio Paraíba do Sul

Data: 27/08/2018 à 29/08/2018
Local: Juiz de Fora - MG
Mais informações: http://www.ufjf.br/srhps/

ANÁLISE BIOLÓGICA DO RIBEIRÃO ESPÍRITO SANTO, JUIZ DE FORA - MG

Autores

Luana Queiroz Pilate, Emília Marques Brovini, Iara Furtado Santiago, Haroldo Lobo dos Santos Nascimento, Renata de Oliveira Pereira, Maria Helena Rodrigues Gomes

Tema

Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Resumo

Tendo em vista os direitos assegurados pela Constituição Federal de 1988 em relação à preservação de um ambiente ecologicamente equilibrado para todos, percebe-se a importância de manter cursos d’água em qualidade adequados ao seu respectivo uso. Uma das formas de analisar a qualidade da água é através do uso de bioindicadores, como a avaliação da presença e concentração de coliformes termotolerantes, além da contagem e da identificação de macroinvertebrados bentônicos. Dentro desse panorama, tem-se o ribeirão Espírito Santo, situado a noroeste da cidade de Juiz de Fora, MG. O mesmo é responsável pelo abastecimento de uma parcela significativa da cidade e é afluente pela margem direita do rio Paraibuna, um importante corpo hídrico pertencente à grande bacia do rio Paraíba do Sul. Partindo disso, o trabalho visa avaliar a qualidade da água e do sedimento em três pontos estratégicos do ribeirão, utilizando de análises microbiológicas de coliformes termotolerantes e de possíveis bactérias patogênicas, assim como, da identificação de macroinvertebrados bentônicos nos trechos do corpo d’água em questão. Através dos resultados é possível perceber uma concordância entre os altos valores de coliformes, a baixa riqueza de bactérias tolerantes a temperatura de 37ºC e de macroinvertebrados, além da classificação dos pontos em alterados e impactados, o que sinaliza uma possível poluição e contaminação orgânica dos trechos em estudo. Aponta-se, portanto, a importância da utilização dos indicadores biológicos em água e sedimento para identificar, controlar e monitorar ambientes degradados, impactados, ou com intensa interferência antrópica, principalmente quando este é utilizado para abastecimento de determina região. Sendo assim, vê-se a necessidade da continuação dos estudos biológicos para um dos ribeirões mais importantes da cidade de Juiz de Fora – MG.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com