III SRHPS - Simpósio de Recursos Hídricos do Rio Paraíba do Sul

Data: 27/08/2018 à 29/08/2018
Local: Juiz de Fora - MG
Mais informações: http://www.ufjf.br/srhps/

IMPACTOS DECORRENTES DAS ALTERAÇÕES TEMPORAIS NO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO SOBRE O ESCOAMENTO SUPERFICIAL DA BACIA

Autores

Tamiris Aparecida de Almeida, Maria Helena Rodrigues Gomes, Celso Bandeira de Melo Ribeiro

Tema

Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Resumo

Um dos atuais desafios dos gestores ambientais é tentar mitigar os impactos ambientais causados pelas mudanças do uso e ocupação do solo em áreas urbanas. Tais mudanças afetam diretamente o comportamento hidrológico em bacias hidrográficas. Uma das principais alterações corresponde ao aumento do escoamento superficial, causado pelas impermeabilizações que sobrecarrega os sistemas de drenagem urbana. Com o advento do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades (REUNI) a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) passou a agregar novos cursos superiores em várias áreas do conhecimento. Em face disso, passou-se a demandar novos espaços para atender a essa expansão, diminuindo assim as áreas verdes que desempenham um papel fundamental na infiltração de volumes das águas. Desta forma, este trabalho tem por objetivo analisar as modificações do uso e ocupação do solo na bacia hidrográfica urbana da UFJF, antes e após a sua expansão ocasionada com advento do REUNI; comparar as mudanças de cobertura do solo ocorridas no ano de 2005 e no ano de 2015; apresentar um diagnóstico da situação do uso e ocupação do solo e os impactos sobre o escoamento superficial em virtude da expansão da Universidade e simular um cenário fictício de uso e ocupação do solo priorizando adequada pavimentação e reflorestamento de algumas áreas da UFJF. Para tanto, neste trabalho duas imagens do Google Earth foram utilizadas, uma datada de 2005 e uma de 2015 para delimitar e caracterizar a ocupação do solo da bacia. O método SCS Curve Number foi empregado para construção de hidrogramas unitários sintéticos que tem por finalidade representar o comportamento das vazões de chuva escoada. Os resultados apontam para um aumento de 92% do escoamento superficial na bacia. O cenário hipotético analisado configurou em uma diminuição de 50% do escoamento superficial se comparado ao cenário de 2015, enfatizando a necessidade de um planejamento do uso e ocupação do solo. Além disso, verifica-se a importância dos planos diretores como norteadores da construção dos espaços urbanos, dentre eles, os campi de instituições públicas de ensino.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com