III SRHPS - Simpósio de Recursos Hídricos do Rio Paraíba do Sul

Data: 27/08/2018 à 29/08/2018
Local: Juiz de Fora - MG
Mais informações: http://www.ufjf.br/srhps/

CLASSIFICAÇÃO SUPERVISIONADA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO XOPOTÓ: UTILIZANDO IMAGENS LANDSAT - 5 E LANDSAT - 8

Autores

Heitor Carvalho Lacerda, Humberto Paiva Fonseca, Wesley Oliveira Soares, Luciana Alves da Silva, Débora Quintão Miranda, André Luiz Lopes de Faria

Tema

Técnicas Aplicadas em Gerenciamento de Recursos Hídricos

Resumo

A Bacia Hidrográfica do Rio Xopotó (BHRX) está contida na Zona da Mata mineira, região que se transformou geograficamente, principalmente, pela dinâmica da agricultura e da agropecuária em escala local. A urbanização, também, teve importante papel nesta dinâmica. A partir destas transformações, a pressão sobre os recursos naturais se ampliou, bem como os impactos negativos. A busca por alternativas ao modelo que foi implementado, se faz urgente e necessário já que a região passou por problemas graves de abastecimento de água para a população urbana. O planejamento e a gestão do uso e ocupação das terras na bacia do Rio Xopotó, podem indicar caminhos para equilibrarmos o uso com a preservação. Dessa maneira, o objetivo do trabalho foi analisar imagens dos sensores Landsat - 5 e Landsat - 8, a partir do método de classificação supervisionada, para identificar o uso e a ocupação das terras na BHRX. O classificador utilizado foi Máxima Verossimilhança e as medidas avaliativas foram exatidão global e o índice Kappa. O suporte de Sistema de Informações Geográficas (SIG) foi o ArcGis 10.1R, o qual propiciou realizar os pré-processamentos, a aplicação dos métodos e a elaboração dos mapas temáticos. Observou-se que as imagens Landsat - 5 e Landsat - 8 possuem diferenças, o primeiro satélite obteve melhores resultados nas medidas avaliativas e o segundo satélite se saiu melhor no treinamento dos pixels. Verificou-se que houve grande variabilidade no tamanha das áreas de cada classe estabelecidas para a pesquisa, sendo que a última imagem (2017), destacou a pastagem em mais da metade da área da BHRX, seguida da Mata Densa, Área Urbanizada, Solo Exposto e Nuvens.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com