XXII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 26/11/2017 à 01/12/2017
Local: Florianópolis - SC
ISSN: 2318-0358
Mais informações: http://www.abrh.org.br/xxiisbrh

ADAPTAÇÃO DE EQUIPAMENTOS URBANOS PARA APLICAÇÃO DE MEDIDAS COMPENSATÓRIAS

Autores

renata locarno frota, Anísio de Sousa Meneses Filho, Victor Costa Porto, Francisco de Assis de Souza Filho

Tema

13 - Manejo de águas urbanas

Resumo

Nas grandes cidades é muito comum deparar-se com situações de transtorno relacionadas às inundações, pois o aumento da área impermeabilizada não permite a infiltração, aumentando o escoamento superficial e o pico do volume escoado. O trabalho propõe um reservatório de detenção, localizado num trecho crítico de inundação na Av. Heráclito Graça com Rua Idelfonso Albano, na Praça Bárbara de Alencar, que pertence à bacia de contribuição do riacho Pajeú. É proposta uma adaptação da praça como forma de reaproveitamento dos equipamentos urbanos existes. O reservatório de detenção, uma técnica compensatória, que é considerado como um meio de ajustar a drenagem urbana, amenizando o que é causado pelo alto índice de impermeabilização, reduzindo o pico de vazão, além de trazer melhorias para outras áreas, como a da saúde pública, por exemplo. Foi utilizado o Método Racional Modificado para encontrar o hidrograma de entrada e o Método de Puls para a propagação no reservatório. Fez-se várias simulações com diferentes tamanhos de bacias de contribuição e tempos de retorno. Verificou-se que a melhor alternativa, ou seja, aquela que apresenta maior redução na vazão de pico, seria uma área de contribuição de 10 hectares e com um período de retorno de 10 anos.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com