XXII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 26/11/2017 à 01/12/2017
Local: Florianópolis - SC
Mais informações: http://www.abrh.org.br/xxiisbrh

A IMPORTÂNCIA DO USO DE WETLANDS PARA A RESTAURAÇÃO DE RIOS

Autores

Gabriela Doce Silva Coelho de Souza, ARTHUR AVIZ PALMA E SILVA, Caroline Menezes Azevedo, RITA DE CASSIA MONTEIRO DE MORAES

Tema

12 - Conservação e reuso da água

Resumo

A situação de diversos rios Brasileiros é precária, altos índices de poluição estão presentes em grande parte deles e os custos para despoluição são elevados e envolvem processos demorados, cujos resultados muitas vezes não ocorrem durante o período almejado. Soluções alternativas para a recuperação de rios são necessárias, como é o caso do uso de wetlands. As wetlands são zonas molhadas, zonas de várzeas com grandes áreas inundadas e características ecológicas destacando-se a capacidades de regularizar os fluxos de água, controlar e melhorar a qualidade das águas. São ecossistemas que refletem a caracterização da fauna e flora. São formas alternativas para a recuperação de canais, lagoas, rios, pois tratam o efluente absorvendo os nutrientes bons para as plantas e, assim, diminuem a poluição. Promovem recursos para pessoas, como comida, materiais de construção e para roupas. O custo da prevenção da poluição com as wetlands é menor do que a metade gasta em estações de tratamento de águas residuais convencionais, segundo a empresa Biomatrix. Isso é possível graças à integração e ativação do ambiente fluvial circundante. A utilização desse ecossistema mostrou resultados positivos na China e Filipinas, onde canais em situação alarmante foram revitalizados e hoje são exemplos de desenvolvimento sustentável.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com