XXII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Data: 26/11/2017 à 01/12/2017
Local: Florianópolis - SC
Mais informações: http://www.abrh.org.br/xxiisbrh

ANÁLISE DA VARIABILIDADE ESPACIAL DA PRECIPITAÇÃO NA BACIA DO RIO GRANDE: ESTUDO PARA O PERÍODO DE OUTUBRO DE 2016 A MARÇO DE 2017

Autores

Osvalcélio Mercês Furtunato, Miguel Anderson dos Santos Cidreira, Gastão Guimarães Neto, GEORGE RODRIGUES DE SOUSA ARAÚJO, VANUSCA OLIVEIRA BERTAZO

Tema

4 - Hidrologia superficial e hidrometria

Resumo

A ocorrência da precipitação é um dos fenômenos de maior importância na determinação do clima e a que mais afeta a produção agrícola devido a sua característica aleatória. Como a maioria dos demais fenômenos climáticos, apresenta uma variabilidade espacial contínua que pode ser detectada através de métodos geoestatísticos. Aliada aos métodos de estatística clássica a geoestatística torna-se uma poderosa ferramenta nos estudos hidrológicos. Para o estudo geoestatístico é fundamental o uso de uma função de estrutura denominada variograma, que permite representar quantitativamente a variação de um fenômeno no espaço. Utilizando parâmetros da função variograma, pode-se fazer a krigagem, que é o método de interpolação através de médias móveis ponderadas, que possibilita minimização da variância de estimação. Neste trabalho analisou-se a variabilidade espacial da chuva. As séries temporais de precipitação mensal no período chuvoso 2016-2017 foram estudadas.

Sistema de publicação de trabalhos técnico ABRhidro - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
Desenvolvido por Pierin.com